Contacto -: +239  9936802 9952092 transparencia.st@hotmail.com  -

 

50 Jovens santomenses forma na área de saúde sexual reprodutiva e direitos

https://scontent.fopo1-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/

12 Agosto de 2016 - A Sala do Instituto Nacional para a Promoção da Igualdade e Equidade de Género, INPG, em São Tome, acolheu no dia 8 a 12 de Agosto, a formação para 50 jovens e adolescentes na área de Saúde Sexual Reprodutiva e Direitos, uma formação promovida pela ASPF Associação Santomense para Promoção Familiar, em parceira com INPG.

Os jovens são os futuros Educadores de Pares da ASPF, o curso de cinco dias enquadra-se na comemoração do vigésimo primeiro aniversário desta Associação a comemora no dia 23 de Agosto.

Educadores de Pares são pessoas capacitadas pela ASPF, para sensibilizarem e mobilizar a população sobre diversas matérias, para responder a necessidade da referida associação.

http://aspf.st/A Presidente da ASPF, Lagchar Barreto, elogiou a iniciativa, tendo acrescentado que é preciso que haja jovens disponíveis, sensíveis em aprender depois, desenvolver actividade de voluntariado ao nível nacional, “desde já espero uma participação ativa da vossa parte estamos aberto para transmitir conhecimentos, estejam a vontade de expor as vossas dúvidas, vossos anseios, qualquer preocupação que seja importante a saúde Sexual reprodutiva e Direito, é muito bom para nós termos jovens para colaborar connosco sobre esse assunto”, disse Lagchar Barreto.

http://aspf.st/Por sua vez, Ernestina Menezes, diretora do INPG, afirmou que uma das causas que o Instituto Nacional para a Promoção da Igualdade e Equidade de Género defende é a integração da mulher, “se nós tivemos mulher com problema, se nós tivemos excesso de gravidez precoce, as mulheres estarão numa situação de fragilidade e elas não poderão realmente integrar-se como é o objetivo da instituição, por isso fico muito feliz que porque é uma iniciativa boa, e estamos interessado que ela avance e que vocês possam realmente compreender desde muito cedo, o problemática e o impacto de uma gravides precoce”, frisou a diretora do INPG.

http://aspf.st/Enquanto para o, Ruivo Leite, Presidente do MAJ, Movimento Acão Jovem, manifestou-se satisfeito com a participação massiva dos jovens nesta Acão de formação, eu confesso que fico feliz de ver a sala repleta de jovens interessado de ter alguns conhecimento no quadro da saúde sexual reprodutiva, a juventude está de parabéns, isso realmente mostra que estamos preocupados com causa da saúde de jovem no país, é necessário que tenhamos sempre formação e atualizado dado as novas tecnologia de informação.   

http://aspf.st/

A formação contou com a presença de alguns facilitadores dos parceiros do projeto, INPG, voluntários do CIEC, membros e voluntários da ASPF, MAJ, entre outras organizações do país.

Nesses cinco dias de formação debateram diversos temas como, a questão de Saúde Sexual Reprodutiva e Direito.

Ficou claro que os jovens Educadores de Pares estão preparados, para expressarem com as suas práticas, nas localidades os seus conhecimentos de repúdio a todas as formas de Saúde Sexual Reprodutiva.

A ASPF tem como missão, Promover a Saúde Sexual e Reprodutiva e Direitos em parceria com o Governo e outras Organizações Não-Governamentais que Garanta o Acesso Livre da População aos Serviços de Qualidade e Moderno.

Por:João Soares

 

 

 

 

 

Publicidade


Hotel Praia


Pensão Turística Elitineide


 
 

 

 
 
 
 

Diário de São Tomé e Príncipe - Jornal Transparência | Todo Direito reservado | Rua 3 de Fevereiro - São Tomé | 

São Tomé e Príncipe | transparencia.st@hotmail.com - (00239) - 9936802 - 9952092 - Webmaster JS


Ir ao top^